Gestão Hoteleira

O sistema hoteleiro tem crescido consideravelmente e oferecido inúmeras oportunidades de emprego aos brasileiros. As constantes melhorias em hospitalidade nesse setor apresentam uma combinação de investimentos no mercado imobiliário e comercial. O mercado aquecido e o turismo em alta não deixam esse serviço se tornar obsoleto, criando uma demanda de trabalho intensiva na indústria hoteleira.

Gestão hoteleira trata-se da coordenação de todos os serviços oferecidos que hotéis, resorts, flats ou pousada ao hóspede, desde acomodação, alimentação, até lazer e entretenimento. Esse profissional é responsável pela direção e funcionamento dos estabelecimentos desse tipo. Tem as mais variadas funções, como contratar e supervisionar os funcionários, organizar e ministrar a infraestrutura do lugar e também checa as instalações e trata diretamente com fornecedores. O gestor hoteleiro precisa ser um bom comunicador e ter uma visão ampla dos negócios, podendo participar da montagem de novos empreendimentos do setor e administrando planos de marketing.

Pode-se dizer que o primeiro hotel de que se tem notícia surgiu durante os jogos Olímpicos, na Grécia Antiga, e seu desenvolvimento ocorreu durante a expansão do Império Romano e do Cristianismo. Porém esse modelo de estabelecimento tinha como principal função a moradia e não a hospedagem. O desenvolvimento da Hotelaria está intimamente ligado ao desenvolvimento dos meios de transportes. Conforme foram sendo construídas as ferrovias, ligando as cidades portuárias aos grandes centros, ocorreu um aumento na quantidade de hotéis. Com a grande oferta esse mercado passou a se preocupar com o gerenciamento dos estabelecimentos, a fim de oferecer o melhor aos seus hóspedes. Nascendo assim a gestão de hotéis.

O profissional que deseja trabalhar nessa área deve procurar se qualificar através de cursos presenciais ou via internet e pós-graduações. Mesclando matérias teóricas e práticas introdutórias, o curso desenvolve competências para o gerenciamento de empreendimentos na área de hospitalidade. A formação, ou pelo menos noção, em línguas estrangeiras como inglês e espanhol são um diferencial para esse profissional. O curso estuda alguns pontos importantes como a segmentação do mercado de hospedagem, as características estruturais dos hotéis, a classificação dos hotéis por estrelas, emergências, qualidade no atendimento, desenvolvimento sustentável, operações hoteleiras, alimentos e bebidas, gestão de viagens, gestão de custo, preço e receita, entre outros. É uma preparação completa pra quem deseja atuar nesse ramo, preparando o profissional para operações essências para gestão hoteleira.

O mercado de trabalho está em constante crescimento, com a realização de eventos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas no Brasil. As áreas em destaque são as de administração, prestação de serviços de hotelaria, alimentação e governança, eventos. E também há uma procura por profissionais com essa formação em hospitais e spas. O gestor que possuir especialização e manter-se em constante qualificação é muito valorizado pelo mercado, que busca profissionais visionários, agíeis e pensantes. Do norte ao sul o Brasil é um país de turismo, com pelos lugares a serem visitados, bons hotéis e com ótimos gestores são um incentivo a mais as viagens. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Serviços em Geral de Hospedagem, o salário inicial para o profissional atuante nessa área é de R$ 638,99, podendo variar de estabelecimento e região do país. O trabalho é bastante abrangente e cansativo, porém há uma grande possibilidade de crescimento do profissional dentro da empresa nesse setor, podendo subir de cargo dependendo da sua eficiência.

A área de atuação não se restringe apenas a gerenciar hotéis. Esse profissional está preparado para atuar em empresas de hospedagem com atividades de várias naturezas, direcionando-se para prestação de serviços nos setores alimentícios do hotel, controlando a hospedagem, pode atuar também no marketing, criando planos de atração e satisfação da clientela. Ou áreas correlativas como gastronomia, lazer, cruzeiros e ainda hospitais.

Na administração o gestor de hotéis, fica encarregado de gerenciar os estabelecimentos do setor, supervisionando todas as atividades relacionadas com a organização e manutenção do hotel, pousada, flats, restaurante ou resorts. É de sua responsabilidade ministrar todas as operações como limpeza, reservas e serviços, contração de funcionários e organização dos serviços oferecidos. O gestor também pode trabalhar diretamente com um setor do hotel como a gastronomia, coordenando a preparação das refeições, com a definição dos cardápios, cartas de vinhos, contatos com fornecedores e contratação dos cozinheiros e garçons. Outra área é a de eventos e negócios, tendo como função organizar congressos, feiras e seminários, coordenando transporte, acomodação e lazer dos participantes. Na área de planejamento e empreendimento o profissional de hotelaria, é encarregado de programar a construção e a instalação de hotéis, tendo em vista o potencial turístico e a infraestrutura de um local determinado.

Para seguir a carreira de gestor de hotéis, o candidato pode escolher vários caminhos, como o curso de hotelaria, ou administração e posteriormente fazer uma pós-graduação em gestão hoteleira, ou também cursos especializados de qualidade na área, via internet, como é o exemplo do curso que relato neste link.

O mercado do turismo cresce, e consequentemente o hoteleiro se expande. Com a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil é um bom momento para se investir na área, as demandas de profissionais preparados para interagir com o público e resolver os problemas hoteleiros estão cada vez maiores e prometem aumentar ainda mais nos próximos anos. É imprescindível não deixar de ter a qualificação necessária a fim de aproveitar todas as oportunidades oferecidas pelo mercado de trabalho!

 

Comente (será moderado)